LITURGIA TRIDENTINA — 29 de junho, S. Pedro e S. Paulo, Aps. dpl I. cl.

A Crucificação de São Pedro (italiano: Crocifissione di san Pietro ; 1600) é uma obra de Michelangelo Merisi de Caravaggio, Está localizada na Capela Cerasi de Santa Maria del Popolo em Roma. O belíssimo trabalho artístico descreve o martírio de São Pedro por crucificação. Pedro pedira que sua cruz fosse invertida de modo a não imitar o seu Mestre e Senhor, Jesus Cristo, sendo assim representado de cabeça para baixo.

11 coisas que realmente fazem bela uma mulher

Francesca Giannon CatholicLink | Tradução Perfeita Devoção – Em muitos casos, o conceito de beleza foi reduzido para o aspecto exterior, físico; boa aparência, ser bem preparada, maquiada, estar de acordo com a moda, ter medidas perfeitas… e dessa maneira, tão tristemente, foi se afastando de seu verdadeiro significado, daquela beleza que vem da alma e brota do coração.

Nota de solidariedade de membros da Arquidiocese de São Paulo em defesa de Dom Tomé

Membros da Arquidiocese de São Paulo manifestam seu apreço e solidariedade a Dom Tomé Ferreira da Silva, diante dos graves ataques que tem sofrido. Diz a nota: “conhecemos Dom Tomé de perto, pois foi bispo auxiliar de São Paulo, por isso afirmamos que ele é rígido, firme nos seus propósitos, trabalhador e dedicado ao seu ministério. Sendo sério e de característica exigente, Dom Tomé cativou-nos e orientou-nos a que sejamos pessoas honestas e participativas na vida da Igreja”.

Nota do Arcebispo de S. Paulo sobre a “ideologia de gênero” no plano municipal de educação

Comunicado de Sua Em.ª Revma. Cardeal D. Odilo Pedro Scherer informa que a Arquidiocese de São Paulo “acompanha atentamente a tramitação do PME de São Paulo, no qual se faz menção a “questões de gênero”. Segundo a ideologia de gênero, o indivíduo precisa libertar-se de sua identidade sexual biológica e “construir” uma identidade de gênero inteiramente subjetiva. Isto não deixa de suscitar perplexidade e preocupação. As consequências de tal distorção antropológica na educação poderão ser graves”.

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus praticada pela esposa de ex-protestante e ex-comunista foi fator de sua conversão

A devoção das Nove Primeiras Sextas-feiras, conhecida prática católica dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, foi fator decisivo na conversão do ex-protestante e ex-comunista Bruno Cornacchiola. Essa devoção, praticada por sua esposa, resultou que ele e seus filhos recebessem a extraordinária graça de serem escolhidos pela Mãe do Senhor para uma de suas importantes manifestações — neste caso, uma mensagem estritamente direcionada a Pio XII.